Resenha do Cd Miltinho Anos 60 / Miltinho

MILTINHO ANOS 60 title=

MILTINHO ANOS 60
MILTINHO
2013

DISCOBERTAS
Por Anderson Nascimento

Presença certa em documentários sobre Samba, Milton Santos de Almeida, o Miltinho, é um dos mais incríveis intérpretes de nossa MPB. Original na forma de cantar e dividir as palavras, Miltinho foi um grande vendedor de discos no início dos anos 60. Não que ele tenha iniciado a sua carreira ao mesmo tempo em que lançou “Um Novo Astro” (1960), primeiro álbum solo, até porque o cantor já praticava o ofício desde os anos quarenta, quando, a partir daí, participou de grupos de relativo sucesso como “Anjos do Inferno”, “Namorados da Lua” e “Quatro Azes e Um Coringa”, e o sucesso – inclusive internacional – foi tal que inevitavelmente o artista ingressou em sua bem-sucedida carreira solo. O sucesso de sua carreira solo pode ser ratificado pelo fato de o sambista gravar, de 1960 até 1965, praticamente dois discos por ano.


E esse é o cenário que você vai encontrar nesses dois boxes que acabam de ser lançados pelo selo carioca Discobertas. São doze CDs divididos entre os boxes “Miltinho Anos 60 Vol.1” que compreende os anos de 1960 à 1962 e “Miltinho Anos 60 Vol.2”, que traz os discos lançados entre 1962 à 1965.

Entre os grandes sucesso dessa fase, o ouvinte se delicia com petardos como “Mulher de 30” e (Luiz Antônio), “Ri” (Luiz Antônio), “Só Vou de Mulher” (Haroldo Barbosa, Luiz Reis), e “Palhaçada” ” (Haroldo Barbosa, Luiz Reis), isso sem falar no último CD do segundo Box “Miltinho Ao Vivo” (1965), que traz a gravação feita ao vivo no esúdio da Rua Visconde da Gávea, no Rio, para uma pequena despedida do cantor que embarcaria para Europa no dia seguinte, que conta com regravações de canções de Noel Rosa, Ataulfo Alves, Zé Keti, Baden Powell, Vinícius de Moraes, Dorival Caymmi, Ary Barroso, entre outros, costurando obras consagradas em medleys azeitados e suingados.

As reedições seguem o padrão já estabelecido pela Discobertas através da ampla experiência acumulada com o lançamento de mais de vinte boxes que jogam luz a discos inéditos ou raros perpetuados pela gravadora no formato CD. Dessa forma, a reprodução das capas e contracapas originais, imagens de selos e compactos, além de eventuais faixas bônus, costuram-se aos precisos fonogramas – todos remasterizados - que mostram essa fase rica na carreira do cantor, ou seja, trata-se de mais um lançamento impecável e indispensável para pesquisadores, colecionadores e apreciadores da boa música popular brasileira.

Resenha Publicada em 23/04/2013





Esta resenha foi lida 846 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas