Resenha do Cd Martinho Da Vila / Martinho Da Vila

MARTINHO DA VILA title=

MARTINHO DA VILA
MARTINHO DA VILA
1969

RCA
Por Anderson Nascimento

O primeiro LP de Martinho da Vila lançado por uma gravadora – Martinho lançou antes deste álbum o pau-de-sebo independente “Nem Todo Crioulo é doido” - tem ares de coletânea, já conhecido por canções como “Casa de Bamba” e “Menina Moça”, ambas defendidas pelo cantor na terceira e quarta edição do Festival da Canção da Record, Martinho adicionou ao seu repertório sucessos como “O Pequeno Burguês” e “Pra Que Dinheiro”, canções até hoje com presenças obrigatórias em seus shows.

Além das canções já citadas, o debut do sambista traz outras importantes canções em seu repertório como “Quatro Séculos de Modas e Costumes”, “Iaiá do Cais Dourado”, “Quem é Do Mar Não Enjoa” e “Tom Maior”, todas elas situadas entre os mais importantes sambas de nossa história.

O disco, sucesso de execução e vendagem no Brasil, impressiona pela qualidade de suas canções, iniciando de forma pouco convencional, com um pout-porri de sambas-enredo formado pelas canções “Boa Noite”, “Carnaval de Ilusões” e “Caramba”, com Martinho postando-se como um bom anfitrião ao apresentar, em forma de diálogo com o ouvinte, cada uma das canções.

O álbum, cem por cento autoral, apresenta um Martinho da Vila cantando de forma ainda mais despojada do que ele viria a fazer nos anos seguintes, e era o prenúncio de uma carreira de muito sucesso, que não se restringiria só ao Brasil, mas que anos mais tarde teria um importante papel na divulgação da cultura Brasileira no exterior.

Resenha Publicada em 13/02/2013





Esta resenha foi lida 1072 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas