Resenha do Cd Rock & Roll Is Dead / Hellacopters, The

ROCK & ROLL IS DEAD title=

ROCK & ROLL IS DEAD
HELLACOPTERS, THE
2006


Por Anderson Nascimento

Se afirmar que “Rock & Roll is Dead” é o disco de Rock do ano é ser clichê demais, então vou abusar do clichê.

A banda sueca faz um disco (de nome curioso) redondo com Rocks empolgados que transmitem uma vibração fora do comum do início ao fim do disco. Em alguns momentos chega a ser impossível ficar parado, em “Bring at home” por exemplo, a avalanche sonora impacta de forma violenta nos ouvidos do ouvinte.

O grande lance desse álbum é que, apesar de visivelmente retrô, a banda adiciona um tempero próprio, deixando de ser apenas uma mera cópia de suas influências, como pode ser percebido na música “Monkeyboy”.

Sobre as influências, percebemos claramente pitadas de Who, Zeppelin e Stones, suas músicas estão sempre calcadas no Rock pós-Beatles dos anos setenta, salvo algumas exceções como a faixa de abertura “Before the fall”, apresentado o disco com riffs que remetem à Chuck Berry.

O único momento em que a banda sutilmente tira o pé do acelerador, é na Stoneana “Leave it alone”, uma balada com direito a coro feminino, que dá um sabor ainda mais especial ao álbum.

Um disco que concentra-se em fazer Rock´n´Roll da melhor qualidade, e que, apesar das já citadas referências, passa longe de soar datado. O que podemos comprovar com os solos e levadas pouco convencionais, que acaba caracterizando a banda em meio à todas as referências.

Tudo o que você precisa agora é ouvir o disco e comprovar o que eu estou falando.

Resenha Publicada em 18/09/2006





Esta resenha foi lida 876 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas