Resenha do Cd A Vida Nos Ensina / Tihuana

A VIDA NOS ENSINA title=

A VIDA NOS ENSINA
TIHUANA
2001

EMI MUSIC
Por Anderson Nascimento

Após o estrondoso sucesso de “Ilegal” (2000), primeiro álbum do Tihuana, a banda apresentou ao público “A Vida Nos Ensina”, uma honrada sequência de um álbum que conseguiu colocar pelo menos meia dúzia de hits nas paradas de sucesso do ano anterior.

Produzido por Rick Bonadio e Rodrigo Castanho, o álbum traz uma bem azeitada mistura de hardcore que, diga-se de passagem, a banda o faz muito bem, Ska, Pop e, principalmente, Reggae, resultando em álbum arejado e interessante.

Logo na abertura, o Tihuana entrega a melhor faixa do disco: “Por que Será?”. A questionadora canção traz um arranjo impressionante com um inusitado instrumento de sopro andino, que lembra uma flauta, que permeia toda a canção.

A sequência se alinha da mesma maneira com a ótima “Desaparecidos (Desapariciones)”, versão de uma canção de Ruben Bládes, o que acaba ratificando a sempre presente influência latina no som da banda.

Obviamente que o hardcore não poderia ficar de fora de um disco do grupo, ainda mais depois de a banda ser efetivamente reconhecida por essa textura. E nesse disco, o estilo fica mais bem representado por canções como “Jamaica No Problem” e pela porrada “Campo Minado”, faixa matadora que automaticamente instiga o headbanging.

No meado do disco, o grupo dá uma acalmada nos ânimos e oxigena o álbum com canções mais leves como a boa “Uma Noite” e a ótima “A Reza”, Reggae de excelente letra que agrega arranjos novamente brilhantes.

Antes mesmo de o disco encerrar com a bela levada da instrumental “V.C.L.?”, já fica claro que estão errados aqueles que acusaram a banda à época de não inovar em seu segundo disco. Basta atentar para a carga reggaeira do disco para concluir que, mesmo mantendo a sua identidade, os dois primeiros discos do grupo são absolutamente distintos um do outro.

Pegando carona no sucesso do primeiro álbum, e com o prazo de validade dos sucessos do primeiro disco ainda em dia, os singles deste disco acabaram se misturando com os sucessos anteriores, o que fez de “A Vida Nos Ensina” um álbum também bem sucedido.

Dois anos mais tarde a banda lançaria “Aqui Ou Em Qualquer Lugar”, disco com mais centrado no Rock, com som mais pesado e menos dedicado ao Reggae.

Resenha Publicada em 19/07/2014





Esta resenha foi lida 891 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas