Resenha do Cd Wonderful Crazy Night / Elton John

WONDERFUL CRAZY NIGHT title=

WONDERFUL CRAZY NIGHT
ELTON JOHN
2016

UNIVERSAL MUSIC
Por Anderson Nascimento

Com título e capa pouco convidativos, “Wordeful Crazy Tonight”, 32º álbum de estúdio de Elton John, parece inicialmente não ter muita coisa a oferecer, principalmente se levarmos em consideração que o artista tem oscilado bastante entre álbuns ótimos e regulares nos últimos anos.

Essa oscilação também se reflete nesse novo álbum. O disco inicia bem com a faixa título, canção agitada e com um bom balanço, mas há uma boa queda até a sua metade, quando o álbum enfim embala e traz as suas melhores canções.

Mas ainda assim, a primeira parte do disco traz algumas boas novidades, como o suingado arranjo de órgão e o incisivo solo de guitarra em “In The Name of You”, segunda canção do disco, que apresenta um dos efeitos da volta da “Elton John Band”, afastada desde “The Captain & The Kid” (2006). Além da banda de apoio do artista, quem também reaparece também é o percussionista Ray Cooper, que não participava de um disco de Elton desde “Made in England”, de 1995.

No geral, o disco traz uma mescla de diversas sonoridades, dentre eles o Country de “Claw Hammer”, música que deve crescer quando executada ao vivo, e a boa “I’ve Got 2 Wings”, mas é quando o disco envereda para o Rock, na segunda metade do disco, que temos os melhores momentos desse trabalho.

Dessa forma, os Rocks “Looking Up” e “Guilty Pleausure” são mesmo os momentos mais empolgantes do álbum. Em ambas as faixas há uma reminiscência ao Rock que o artista praticava nos anos 70. Também há no disco as indefectíveis baladas, como “Blue Wonderful”, boa canção, mas nada além disso, e “A Good Heart”, essa sim faz jus ao passado baladeiro de Elton, com uma boa possibilidade de hit.

No finzinho o disco ainda traz outro bom momento em “Tambourine”, canção que mescla Folk e Country, com destaque para um riff irresistível que permeia boa parte da música.

Após três anos desde o lançamento de seu último disco, Elton apresenta um álbum acima da média que, se não é o álbum dos sonhos dos fãs, ao menos é relevante e honesto, principalmente por adicionar mais um punhado de novas canções ao invejável repertório do artista.

Resenha Publicada em 14/04/2016





Esta resenha foi lida 841 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


DVDs


Outras Resenhas