Resenha do Cd Just Push Play / Aerosmith

JUST PUSH PLAY title=

JUST PUSH PLAY
AEROSMITH
2001

SONY MUSIC
Por Anderson Nascimento

Há dez anos o Aerosmith lançava o seu último álbum de estúdio “Just Push Play”, que deu à banda singles de sucesso como “Jaded” e "Fly Away from Here". Ainda que o álbum tenha se saído muito bem junto ao seu público, fato confirmado pela boa vendagem do mesmo em todo o mundo, o álbum está longe de ser considerado um dos melhores da banda.

Muito já foi dito sobre o fato de o Aerosmith oscilar entre discos bons e ruins, e momentos de altos e baixos ao longo de toda a sua carreira, no caso de “Just Push Play”, um fato que incomoda é a pouca inspiração percebida mesmo em momentos que geraram êxitos para o álbum, caso do single “Jaded”, faixa enjoada até dizer chega.

Por outro lado, é de se observar que a banda continuou perspicaz no ofício de construir boas baladas. “Fly Away From Here” é um exemplo disso, ainda que seja uma canção até certo ponto pretenciosa, que vai direto ao assunto, quero dizer, que entra quase que imediatamente no refrão, bonito, mas igualmente pegajoso.

Já a canção “Sunshine”, terceiro single do disco, mesmo não tendo tocado tanto como os “Jadded” e “Fly Away From Here”, é um momento bem interessante no álbum, responsável por elevar o nível do mesmo. Assim como “Beyond Beautiful”, canção que abre o disco e dá uma boa impressão inicial. Já “Out Your Head” é um belo Rock que possui melodia marcante, porém carece de um tratamento mais adequado, haja visto que a música não possui um encerramento digno, resumindo em um mero efeito de fadding out.

A criatividade da banda no álbum é posta em cheque novamente na balada “Luv Lies”, que mesmo com seu apelo, tem sabor de “já consumi isso antes’. O time de produtores também influenciou bastante no rsultado final do álbum, pois a marca de Mark Hudson, que produziu o álbum junto com Marti Frederiksen, está escancarada em faixas como “Trip Hoppin”, “Just Push Play” e na fraquíssima "Drop Dead Gorgeous".

Se no bom “Nine Lives” as incríveis seis canções de sucesso se entrelaçavam bem com o restante do álbum, em “Just Push Play”não há uma unicidade que equilibre o disco, mesmo possuindo alguns bons momentos. O próprio Joe Perry chegou a declarar que esse era o álbum que ele menos gostava, muito disso pela falta de envolvimento da banda durante as gravações do mesmo, o que mostrou para ele como não fazer um álbum do Aerosmith.

Apesar de já estarem na ativa há mais de quarenta anos, a banda possui uma discografia curta, claro, tirando desse contexto as dezenas de coletâneas e álbuns ao vivo, e passados dez anos do lançamento do último disco de inéditas, tá na hora da banda colocar material novo na praça.

Resenha Publicada em 07/07/2011





Esta resenha foi lida 1941 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas