Resenha do Cd Tributo Ao Sorriso / Terço, O

TRIBUTO AO SORRISO title=

TRIBUTO AO SORRISO
TERÇO, O
2010

DISCOBERTAS
Por Anderson Nascimento

Nesse segundo lançamento do selo Discobertas sobre a banda “O Terço”, temos o resgate de raros e importantes singles lançados pela banda, entre eles, o EP que trazia cinco músicas, incluindo “O Visitante” e “Mero Ouvinte”, canções que a banda defendeu respectivamente no VI Festival Internacional da Canção e no Festival de Juiz de Fora. Além disso, neste período, a banda ganhava o reforço de mais um integrante, tratava-se de Cezar de Mercês, que junto com Sérgio Hinds, Vinícius Cantuária e Jorge Amiden, completavam a nova formação da banda.

Durante esse período a banda vinha se destacando cada vez mais na mídia, por conta de inusitados instrumentos musicais descritos pela imprensa como “muito loucos”, que incluíam a “tritarra”, guitarra de três braços, e um violoncelo elétrico.

As canções apresentam os novos rumos que a banda começava a assumir após o lançamento de seu álbum de estréia, auto-intitulado, de 1970. Canções como “Doze Avisos” (Ivan Lins), por exemplo, revelam uma tendência ao Rock progressivo, que no futuro representaria o som da banda.

Em “Tributo ao Sorriso” podemos perceber um precoce amadurecimento da banda em termos musicais, o que fez da canção o maior sucesso da banda até aquela época. Já “Adormeceu” chama atenção por conta da bela letra interpretada sob um forte arranjo vocal.

Em apenas dois anos muita coisa aconteceu na biografia da banda e essas raridades gravadas entre 1970 e 1971 estão agora ao alcance de todos, podendo finalmente ser degustadas por todos aqueles que desejam conhecer mais profundamente as raízes de uma das mais importantes bandas do Rock nacional.

Resenha Publicada em 26/12/2010





Esta resenha foi lida 1034 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas