Resenha do Cd Jackson Do Pandeiro Ao Vivo / Jackson Do Pandeiro

JACKSON DO PANDEIRO AO VIVO title=

JACKSON DO PANDEIRO AO VIVO
JACKSON DO PANDEIRO
2011

DISCOBERTAS
Por Anderson Nascimento

Por incrível que possa parecer, o mestre Jackson do Pandeiro, Rei do Ritmo, não possuía sequer um álbum ao vivo em sua vasta discografia. Este título, recém-lançado pelo selo Discobertas, vem para preencher essa lacuna em sua obra quase trinta anos após a sua morte.

Muito além disso, as gravações que motivaram o lançamento desse álbum foram tiradas de uma fita descoberta pelo músico Jarbas Mariz, com a perpetuação de um show feito pelo paraibano em uma turnê pelo Sul do Brasil em 1980, o que, a partir de agora, possibilitará a qualquer interessado pela obra do artista, sobretudo da música brasileira, a ter uma boa ideia de como eram recheadas de ritmos as apresentações de Jackson do Pandeiro.

O medley inicial, formado pelas canções “Cantiga do Sapo”, “Cantiga da Perua”, “História de Lampião” e “Rainha de Tamba”, já exibe Jackson do Pandeiro e banda esbanjando musicalidade e ritmo, além da interpretação característica de Jackson.

Dessa mesma fita, sai a clássica “Chiclete com Banana”, iniciada com o particular virtuosismo de Jackson com o instrumento que lhe alcunhou a carreira, e a divertida “O Puxa-Saco”(“...a gente trabalha tanto e não consegue o que quer, quem anda puxando o saco tá comendo de colher..”), além de “Vou de Tutano”, “Falso Toureiro” e “Minha Zebelê”, todas canções recheadas de bom-humor e do arquétipo formato de suas músicas.

O disco inclui também a gravação de um medley com as canções “Forró Em Limoeiro”, “1X1”, “A Mulher do Aníbal” e “Sebastiana”, tocadas ao vivo na rádio MEC em 1974, para a série “100 Anos de MPB”, relançada recentemente também pelo selo Discobertas.

Para finalizar, o lançamento inclui como faixas-bônus, quatro faixas raras lançadas originalmente em coletâneas lançadas no ano de 1976: “O Assunto é Dinheiro” e “Dezessete e Setecentos” pinçadas da coletânea “O Dinheiro na MPB”; “Vai e Vem” e “Maria Gasolina”, extraídas da coletânea “Rio, Carnaval e Turismo”.

Grande lançamento e justa homenagem à Jackson do Pandeiro que em 2011 completaria noventa e dois anos se estivesse vivo.

Resenha Publicada em 29/06/2011





Esta resenha foi lida 980 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


DVDs


Outras Resenhas