Resenha do Cd Paranoia / Paranoia

PARANOIA title=

PARANOIA
PARANOIA
2004


Por Anderson Nascimento

Uma grande surpresa vinda do Rio de Janeiro, é sem dúvida a o cd de estréia da banda Paranoia. Na verdade um Ep com 4 músicas que já deixa claro a intenção da banda: fazer barulho.

Com influências claras dos Raimundos, seja no instrumental, e até mesmo no vocal, a banda destaca-se como uma espécie de Raimundos com uma vantagem, as letras não possuem o escracho gratuíto (e algumas vezes sacal) das músicas dos Raimundos.

O EP abre com a explosiva "7manda" com um instrumental acelerado e nervoso, acompanhada de um final apoteótico. Diminuindo o ritmo o cdzinho segue com "Ela também gosta", que narra uma história que acaba despertando o inconsciente coletivo do público masculino. "O meu som", terceira música, flerta com o new-metal a lá System of Down, traduzindo em palavras o lema da banda "Viver do som, sem sentir a dor", um emocionante resumo do que é trabalhar com música no Brasil. A pulsação continua com a música de encerramento do disco "Noite de Lual".

Fora tudo isso, a banda ainda inclui em seu currículo, vários prêmios, shows e um belo website que vale a visita.

O EP vem pora comprovar que a "Paranóia" já está pronta para ganhar as rádios, o Rio de Janeiro e o Brasil.

Batemos um papo com o vocalista do banda Wagner:

Galeria Musical: Como vocês vêem a cena roqueira nacional atual?

Wagner: no mainstream, o rock nacional está começando a mostrar novos artistas de peso. As gravadoras, apesar da recessão, estão investindo novamente no rock brasileiro e isso é muito bom. Já o underground vive seu melhor momento com o barateamento dos meios de gravaão e a facilidade de divulgaão que a internet proporciona hoje em dia. É possível conhecer inúmeras bandas independentes sem sair de casa, o que livra os ouvintes da manipulaão secular de terem seus gostos pré-selecionados pelas rádios e seus jabás.

Galeria Musical: E a do Rio de Janeiro?

Wagner: o Rio podia ser mais roqueiro. Diferente de outros lugares no Brasil, principalmente SP e o Sul, não se vê no Rio o costume de ir a shows de bandas que não estão no domingão ou no caldeirão. Aqui existe muito o culto à modinha, principalmente nos bairros "nobres". Por outro lado, daqui surgem bandas que acabam se destacando em âmbito nacional, até porque as sedes das maiores gravadoras se encontram aqui. Mas o Rio podia ser mais roqueiro.

Galeria Musical: Quais são as maiores influências da banda?

Wagner: cada integrante tem suas próprias influências, mas nossos gostos se encontram em bandas como o Raimundos, Green Day, Rage Against The Machine, Beatles.

Galeria Musical: Dá pra notar uma grande influência dos Raimundos no som de vcs, como isso aconteceu?

Wagner: acho que isso aconteceu porque somos adolescentes dos anos 90 e os Raimundos foram a trilha sonora dessa época na nossa vida.

Galeria Musical: Das bandas mais novas, a banda tem alguma preferida?

Wagner: somos fãs da Pitty e curtimos o Deadfish (que de novo só tem o contrato).

Galeria Musical: Após o lançamento da banda, qual é o próximo passo?

Wagner: tocar!!! A gente quer mostrar nosso trabalho ao vivo e formar nosso público. Estamos montando uma agenda forte e recheada de shows pelo subúrbio carioca, que é onde vemos a cena rock tendo mais garra. Queremos proporcionar aquela energia que só quem vai a show de rock sabe como é. Pé na estrada!!!

Galeria Musical: Uma mensagem para os leitores que não conhecem ainda o som da banda:

Wagner: considerem-se intimados a nos conhecer... Fiquem à vontade, espero que vocês curtam.ROCK 'N ROLL!!!!

Resenha Publicada em 01/01/2004





Esta resenha foi lida 905 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas