Resenha do Cd Grita Coração / Sylvinha Araújo

GRITA CORAÇÃO  title=

GRITA CORAÇÃO
SYLVINHA ARAÚJO
1984

DISCOBERTAS
Por Anderson Nascimento

A saudosa cantora Sylvinha Araújo, esposa do cantor Eduardo Araújo (O Bom), lançou esse belo álbum, baseado em Soul, em 1984 – único lançado pela cantora nos anos oitenta - pelo selo Pointer, gravado e mixado nos estúdios da RCA, o que resulta em uma ótima qualidade sonora.

O disco apresenta um punhado de boas canções, casos da faixa de abertura “Não Precisa de Palavras”, “Nos Dias de Hoje” e a belíssima versão de “O Sal da Terra”, canção do Beto Guedes e Ronaldo Bastos.

Canções como “Grita Coração”, “Cidade Grande”, e a clássica “You Light Up My Life”, revelam uma ótima forma vocal da cantora oriunda da Jovem Guarda.

O disco também se revela bastante coerente com a época em que foi lançado, exprimindo exatamente o que a sonoridade daquela primeira metade dos anos oitenta ditava. Em alguns momentos isso fica ainda mais claro, como é o caso de “Calmaria”, cantada em parceria com Don Beto, autor de algumas das canções do disco, onde o arranjo fala por si só.

A reedição apresenta um valioso encarte que transcreve as letras das canções do álbum, além da reprodução da arte original do álbum, e de estampar capa e contracapa do compacto “Que as Crianças Cantem Livres”, lançado pela cantora em 1983, e que teve as suas faixas incluídas nesse CD como bônus.

Este e mais quatorze álbuns fazem parte de um rico pacote de relançamentos posto no mercado via Selo Discobertas em julho de 2012, que reúne também artistas como Eduardo Araújo, Gilliard, Mano Décio da Viola, Jorginho do Império, Frenéticas, The Pops, Moreira da Silva, Luiz Carlos da Vila, entre outros.


Resenha Publicada em 12/09/2012





Esta resenha foi lida 1039 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas