Resenha do Cd Admirável Chip Novo / Pitty

ADMIRÁVEL CHIP NOVO title=

ADMIRÁVEL CHIP NOVO
PITTY
2003

DECKDISC
Por Rodrigo Paulo

O ano de 2003 foi de novidade no cenário rock nacional. Depois de anos sem termos uma forte representante nos vocais de uma banda rock a nível nacional, até então Rita Lee era a única nacionalmente reconhecida e mesmo assim já estava há alguns anos fazendo mais hits pop do que rock, somos surpreendidos pela voz da soteropolitana Pitty lançando o seu primeiro disco, o aclamado “Admirável Chip Novo” pela gravadora Deckdisc. Pitty que já tinha uma passagem pelos anos 1990 por bandas como a Inkoma e Shes, conseguiu se estabelecer com sua banda de mesmo nome no cenário musical.

“Admirável Chip Novo” é um disco puramente radiofônico e de muito bom gosto musical. Possui ótimas músicas, sendo que a maioria das faixas do disco se tornaram singles. Totalizando seis oficiais. Outras se somaram a trilhas sonoras de novelas, como “Máscara” na Novela global "Senhora do Destino", “Temporal” na também global "Da Cor Do Pecado", “Teto de Vidro” na série "Malhação" e “O Lobo” na novela da Rede Record "Metamorphoses". “Máscara” foi o carro-chefe de divulgação do disco. Com instrumental pesado e letra de conscientização sobre as diferenças de cada pessoa, foi uma aposta certeira para lançar Pitty ao sucesso nacional. “Temporal” é a faixa mais suave do disco e conta com a participação de Paulinho Moska nos violões. “O Lobo” é uma história sobre as ações humanas num clima de heave metal.

“Teto de Vidro” abre o disco com boa letra e um som de pancada, abrindo espaço para trechos falados, lembrando um rap. Algo que deu um ar renovado e gosto de novidade nas faixas seguintes. A faixa título, assim como muitas do disco, é uma crítica contra “o sistema”, uma inspiração do livro “Admirável Mundo Novo”. “Só de Passagem” e “Semana Que Vem”, que fecha o disco, tratam de assuntos que se mantêm presentes em seus trabalhos seguintes, a vida e a morte. “Equalize” é a canção de uma garota adolescente, nada boba, gruda na mente de quem a ouve, é uma excelente composição que deixa muito claro o estilo da Pitty de compor canções mais românticas. É evidente que o fato de todas as músicas do disco ser de autoria da cantora, eleva a qualidade de cada faixa. Isso é refletido de forma cada vez mais nítida nos próximos trabalhos lançados.

Todas as faixas do álbum são excelentes, um repertório muito bem escolhido com músicas que mostrou que Pitty tem força e atitude para agradar até os mais exigentes de várias veias musicais, não apenas o rock. Sua música tem letra e mensagem consistentes. Vale muito a pena ouvir e ter esse disco, o primeiro de uma carreira bem sucedida.

Resenha Publicada em 26/06/2014





Esta resenha foi lida 1882 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


DVDs


Livros


Outras Resenhas