Resenha do Cd A Trupe Delirante No Circo Voador / Pitty

A TRUPE DELIRANTE NO CIRCO VOADOR title=

A TRUPE DELIRANTE NO CIRCO VOADOR
PITTY
2011

DECKDISC
Por Anderson Nascimento

Se há algo inquestionável na carreira da cantora Pitty, esse algo é certamente a sua atitude roqueira. Mesmo navegando contra a maré de modismos, Pitty conta com um invejável séquito de fãs, ainda que a cantora não tenha se rendido à produção de músicas fáceis e radiofônicas, como bem mostra o seu último álbum de estúdio, o bom “Chiaroscuro”.

Adornando suas novas criações com versões ao vivo, o novo lançamento da cantora, gravado em 18 de dezembro de 2010 no Circo Voador (RJ), revela o potecial de faixas como “8 ou 80” e “Fracasso”, que abrem o disco, e iniciam uma sequência com nove faixas de “Chiaroscuro” que acaba ostentando os seus fãs com as canções na ponta das goelas.

“Comum de Dois” é a faixa inédita do álbum, e foi escrita ao longo dos ensaios para a turnê, tornando-se pública após a liberação por parte da cantora via Twitter. A música foi bem recebida pelo público no show, e mostra a proximidade com as canções do último álbum de estúdio da banda.

Outra novidade do repertório é a regravação de “Se Você Pensa”, canção de Roberto Carlos, que aqui não ganha grandes mudanças em relação à versão original, apesar de representar uma boa versão.

O peso de canções como “Medo” solidifica o perfil roqueiro da banda de Pitty, e confirma a já consolidada formação com o guitarrista Martin, o baixista Joe e o baterista Duda. Além deles, o disco ainda traz algumas participações especiais, entre elas, a do tecladista Brunno Cunha, Hique Gomez, do grupo “Tangos e Tragédias”, que toca violino em “Água Contida”, e Fábio, da banda Cascadura, em “Senhor das Moscas”.

Existem grandes diferenças entre esse novo lançamento e o álbum ao vivo “{Des}Concerto Ao Vivo”, lançado em 2007, entre elas o fato de que nesse lançamento Pitty privilegia as chamadas canções lados bs, deixando quase todos os clássicos de fora, além do fato de tocar o álbum anterior quase na íntegra, excluindo apenas a canção “A Sombra”, enquanto que no álbum ao vivo anterior a cantora despeja todos os seus sucessos.

“A Trupe Delirante No Circo Voador” é um retrato do bom momento que vem atravessando Pitty e sua banda, reinando para uma legião de fãs, carregando a bandeira do Rock e conseguindo cada vez mais súditos.

Resenha Publicada em 22/06/2011





Esta resenha foi lida 1086 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


DVDs


Livros


Outras Resenhas