Resenha do Cd Spiral Dreams / Outs, The

SPIRAL DREAMS title=

SPIRAL DREAMS
OUTS, THE
2014

INDEPENDENTE
Por Anderson Nascimento

Uma dica para aqueles que estão aguardando o fim da entressafra pós-lançamento dos últimos álbuns das bandas “Beady Eye” e “Noel gallagher's high flying birds”, grupos egressos do Oasis, é ouvir o novo EP da banda The Outs: “Spiral Dreams”.

Nem é preciso deixar rolar mais de alguns segundos para o ouvinte atento perceber do que se trata. Não, não é o Liam que você está ouvindo, mas a voz do vocalista principal da banda é absurdamente parecida com a do criador do Oasis.

Antes que eu me esqueça, é importante dizer que o som da banda vai lembrar muito mais a fase final do grupo, mais precisamente a que gravou os discos “Don’t Believe The Truth” e “Dig Out Your Soul”. Esse é o caso da faixa inicial, a viajante “Spiral Steams”, que, aliás, ganhou um belo videoclipe.

“Righ Or Wrong” tem uma levada dançante que chega a emular a sonoridade do primeiro álbum da banda “Beady Eye”, enquanto em “Fear”, uma das melhores dessas quatro, clama por atenção ao misturar influências diversas, que bebem das referências do próprio Oasis, nem precisando dizer que principalmente Beatles, e um pouco da primeira fase dos Stones.

Antes que compreendam mal, é imperativo que fique claro que a banda essencialmente lembra o Oasis, como influência, como ídolos, sei lá, mas que o grupo consegue produzir faixas que possuem vida própria, tendo cuidado suficiente para não se tornar uma mera cópia do trabalho dos ingleses, como pode atestar a última faixa do EP “Start Over”.

Falando nisso, o grupo já tem o seu caminho pavimentado com experiências internacionais, pois já tiveram músicas já tocadas em rádios inglesas, já ganharam um concurso de cover do próprio Oasis e, talvez a menção mais interessante, foi elogiada pelo ranzinza Noel Gallagher em uma apresentação.

Com sonoridade que vai além do Oasis e flerta com Rock Psicodélico, de uma maneira mais geral, a banda agradou em cheio com esse seu segundo EP, e é uma boa aposta para uma banda que tem tudo para construir uma boa carreira não só no Brasil, como também no exterior.

Resenha Publicada em 21/07/2014





Esta resenha foi lida 874 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas