Resenha do Cd Sonic Highways / Foo Fighters

SONIC HIGHWAYS title=

SONIC HIGHWAYS
FOO FIGHTERS
2014

SONY MUSIC
Por Valdir Junior

Nos últimos anos, o Foo Fighters chegou a uma posição dentro do mundo da música que só a menção que a banda esteja gravando um novo álbum, já cria uma grande expectativa para o bem e para o mal com o lançamento. Depois do fraco e desestimulante “Echoes, Silence, Patience & Grace” (2007) e seu sucessor, o excelente “Wasting Light” (2011), o nível de cobrança em cima de Dave Grohl e seus amigos não era nada pequeno para o novo CD.

Eis que nos chega as mãos “Sonic Highways”, o oitavo álbum da banda em vinte anos, que conta mais uma vez com a produção de Butch Vig. A grande novidade dessa vez é que o álbum pode ser considerado “a trilha sonora” do documentário de mesmo nome que Dave Grohl fez para a rede HBO de TV, com a pretensão de contar a historia da música americana.

Cada uma das músicas do CD foi gravada em oito diferentes cidades e estúdios nos EUA durante a produção do documentário. A intenção de Dave Grohl era capturar a magia, vibração e os sentimentos que cada uma dessas cidades e estúdios históricos traziam para a banda, Grohl acabava escrevendo a letra de cada música no dia da gravação buscando o máximo se inspirar no local.

Bem, escutando o CD agora, chega-se a conclusão que todo esse processo acabou deixando o Foo Fighters muito acomodado e seguro o bastante para não deixaram sua zona de conforto. As oito “longas” músicas do CD estão muito longe de ser o melhor trabalho da banda e em muitos momentos parecem pastiches cheios de clichês do som que a própria banda já fez nesses últimos vinte anos.

Mesmo contando com participações especialíssimas de Rick Nielsen do Cheap Trick, Gary Clarck Jr, Joe Walsh, entre outros, em cada uma das músicas, “Sonic Highways” não empolga muito. No entanto, com um pouco de paciência e várias audições, algumas faixas acabam soando menos “engessadas” e acabam agradando um pouco. Um bom exemplo é a faixa “Congregation”, que tem um bom riff de guitarra que acompanha a música toda e "What Did I Do? / God As My Witness".

Talvez a experiência que Dave Grohl teve com o filme-documentário “Sound City” e sua respectiva e ótima trilha, o deixaram confiante o bastante para achar que fazer o próximo álbum do Foo Fighters num formato parecido podia render também bons frutos, mas como fazer música não é algo tão simples assim, o resultado para o Foo Fighters com esse “Sonic Highways” se prova insípido.

Espero que o álbum cresça com o tempo e nas apresentações ao vivo, e também quando o documentário chegar a TV brasileira através do Canal Bis, quem sabe com as imagens e depoimentos conseguimos enxergar e sentir o mesmo que a banda sentiu ao percorrer todo os EUA na gravação do álbum e do documentário. E como na canção final do CD, a faixa "I Am a River", a banda mostre no seu próximo trabalho que ainda tem muito a dar.

Resenha Publicada em 24/11/2014





Esta resenha foi lida 1054 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


DVDs


Livros


Outras Resenhas