Resenha do Cd The Breeze: An Appreciation Of Jj Cale / Eric Clapton

THE BREEZE: AN APPRECIATION OF JJ CALE title=

THE BREEZE: AN APPRECIATION OF JJ CALE
ERIC CLAPTON
2014

UNIVERSAL MUSIC
Por Valdir Junior

O mais novo álbum de Eric Clapton é um tributo ao velho amigo e guitarrista J.J.Cale, falecido em Julho de 2013. Assim como foi influenciado por diversos músicos e guitarristas ao longo de sua carreira, Clapton, principalmente na década de 1970, teve a música de J.J.Cale presente em boa parte de seus álbuns e também o levou as paradas de sucesso com músicas como “Cocaine” e "After Midnight".

A Gratidão de Clapton a J.J.Cale sempre foi declarada, seja nas entrevistas que deu ao longo dos anos, os convites e a participação de Cale nas edições do “Crossroads Guitar Festival” e o excelente álbum gravado em parceria pelos dois em 2006 “The Road to Escondido”. Isso tudo parecia não ser o bastante para Clapton, que já durante a viagem de avião ao velório de Cale decidiu que faria um tributo ao amigo e ídolo.

Todas as músicas presentes em “The Breeze: An Appreciation of JJ Cale” foram compostas por J.J., e trazem Clapton liderando uma super-banda de músicos do calibre de Tom Petty, Mark Knopfler, John Mayer, Willie Nelson, Don White, Derek Trucks, Albert Lee, todos eles amigos, fãs e discípulos da musica de J.J.Cale.

Como não poderia de deixar de ser, a sonoridade do álbum é igual ao do álbum gravado em parceria com J.J. em 2006 com muito Country, Blues e Rock. Aqui você não vai encontrar Clapton se entregando em solos bluseiros, catárticos e cheios de volume, mas sim com uma guitarra com toque mais sensível e sutil, isso tudo sem deixar de fora a sua assinatura e “pegada” característica na guitarra.

Os outros músicos participantes também não fazem feio, e de forma muito respeitosa e sem egos inflados se entregam por inteiro em performances maravilhosas. Esse é o caso do clone de guitarrista e pop star John Mayer, que muito comedido não só não estraga a sua participação, como faz das três faixas que toca e canta ("Magnolia", "Lies" e "Don't Wait" ), serem uns dos pontos altos de álbum.

Os veteranos Tom Petty, Mark Knopfler e Willie Nelson, despejam poesia e sensibilidade em cada nota tocada e cantada por eles, e juntos de Clapton fazem com que músicas como "Rock and Roll Records" , "Train to Nowhere" e "Songbird" cresçam ainda mais a cada audição e as deixam muito próximas de suas versões originais em termos de sinceridade e entrega.

Eric Clapton reserva só para si três ótimas músicas para prestar seu tributo, o rock "Call Me the Breeze", o country blues "Cajun Moon" e a balada "Since You Said Goodbye", todas três estão entre as grandes interpretações de Clapton nos últimos anos e nelas dá para sentir toda a gratidão de Eric a J.J.

“The Breeze: An Appreciation of JJ Cale” é um álbum que desde já merece um lugar de destaque dentro da discografia de Clapton, não só por ser um tributo ao grande J.J.Cale, mas também pelo bom gosto e cuidado tanto nos arranjos como na forma que as músicas foram escolhidas e tocadas. Como um velho livro de contos, cheios de emoção, aventuras, amores, dor, redenção, esse álbum vai preencher uma espaço dentro de sua vida, como todo grande álbum de boa música o faz.

Resenha Publicada em 01/09/2014





Esta resenha foi lida 1219 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


DVDs


Livros


Outras Resenhas