Resenha do Cd Abre Alas - Canções De Ivan Lins / João Senise

ABRE ALAS - CANÇÕES DE IVAN LINS title=

ABRE ALAS - CANÇÕES DE IVAN LINS
JOÃO SENISE
2015

FINA FLOR
Por Anderson Nascimento

No ano em que completa 70 anos de idade e 50 de carreira, Ivan Lins acaba de ganhar um grande presente. Trata-se do álbum “Abre Alas – Canções de Ivan Lins”, gravado pelo jovem músico e cantor João Senise.

Produzido pelo maestro, arranjador e pianista Gilson Peranzzetta, que inclusive foi arranjador de Ivan de 1974 à 1985, o disco apresenta uma coleção de grandes sucessos de Ivan Lins, mesclando canções menos conhecidas do artista, em belos arranjos e seguro desempenho vocal de João. O cantor, como bem entrega o sobrenome, é filho do músico Mauro Senise, que também participa de várias faixas do disco.

O disco agrega a participação especial de nome ressonantes da música popular brasileira. Leo Jaime participa nos vocais de “Dinorah, Dinorah” (Ivan Lins, Vitor Martins); Dori Caymmi participa em “Doce Presença” (Ivan Lins, Vitor Martins); Leila Pinheiro dá um show de interpretação em “Madalena” (Ivan Lins, Ronaldo Monteiro) ; e Zélia Duncan canta na emocionante “Lembra de Mim” (Ivan Lins, Vitor Martins).

Além desses grandes covivas, o próprio Ivan, que acompanhou o projeto desde o início, canta em duas faixas: “Ai Ai Ai” (Ivan Lins, Vitor Martins), em ótima versão gravada ao vivo no Teatro do Sesi em Goiânia e “Setembro” (Ivan Lins, Gilson Peranzzetta). O time fica completo com a participação de grandes músicos como Dirceu Leite, Paulo Sergio Santos, David Chew, Querteto Radamés, João Cortez, Leo Amuedo, entre outros.

Dentre tantos grandes momentos, é tarefa difícil apontar os destaques sem ser injusto com as demais releituras. Mas vale destacar emocionantes interpretações de canções como a de “Biklhete” (Ivan Lins, Vitor Martins), “Daquilo Que Eu Sei” (Ivan Lins, Vitor Martins) e “Vitoriosa” (Ivan Lins, Vitor Martins), que ganhou uma deliciosa releitura jazzista.

Sobre o trabalho, Ivan disse ter ficado feliz por receber a homenagem de um jovem e talentoso cantor que, como era de se esperar, deu uma nova e moderna roupagem para as suas canções. E Ivan está mais que certo. Se no seu primeiro álbum “Just In Time” (Biscoito fino, 2013) João mostrou personalidade cantando na língua Bretã, agora João se afirma como cantor, mesmo sob a responsabilidade de interpretar canções tão importantes do repertório de um dos maiores representantes de nossa música brasileira.

O show de lançamento do disco acontecerá no dia 26 de março, na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro, e contará com a presença do homenageado.

Resenha Publicada em 03/02/2015





Esta resenha foi lida 2384 vezes.



Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



Saiba como anunciar no Galeria Musical

Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas