Resenha do Cd I´m With You / Red Hot Chili Peppers

I´M WITH YOU title=

I´M WITH YOU
RED HOT CHILI PEPPERS
2011

WARNER MUSIC
Por Jefferson Nascimento

Cinco anos depois do último disco “Stadium Arcadium”, o Red Hot Chili Peppers lança o seu décimo álbum de músicas inéditas, o “I'm with you” vem com grandes novidades, e dentre elas está o novo guitarrista da banda Josh Klinghoffer, que substitui John Frusciante. Após doze anos o guitarrista deixa mais uma vez o grupo californiano para se dedicar a sua carreira solo.

A mudança de guitarrista em uma banda pode parecer algo comum e simples em qualquer grupo musical, mas não no Red Hot Chili Peppers, uma vez que quando John entrou na banda, ele trouxe o backing vocal e um estilo de som que alavancaria a carreira do Red Hot, misturando baladas com o já tradicional Funk-Rock. Já Dave Navarro que substituiu John depois da cansativa turnê do estourado disco “Blood Sugar Sex Magic” implantou um rock mais pesado no álbum talvez mais fraco da história do grupo: o “One Hot Minute”. De volta no clássico disco “Californication” John mais uma vez implantou seu estilo, e novamente a banda vendeu milhões de discos e subiu ao topo como uma das maiores bandas da atualidade.

Agora com Josh na guitarra o Red Hot trouxe muita inovação. Exemplo disso são os instrumentos de percussão que são percebidos em varias faixas do álbum. Outro fator que é logo notado no disco é o quanto Anthony ficou sozinho no vocal, deixando para traz o já citado backing vocal que marcou a maioria dos sucessos da banda. Com Flea, aprendendo a tocar piano, algumas músicas do álbum ganharam uma dinâmica bem diferente e é até um dos pontos positivos deste novo disco.

O “I'm with you” (Estou com você), trás 14 faixas inéditas e uma diversidade muito grande de músicas, este ótimo disco retrata um pouco da história da banda. A volta do Funk-rock que caracterizou o grupo é um sinal disso e pode ser percebida em faixas como “Factory of faith”, “Ethiopia” e principalmente “Even you Brutus?”, fica bem claro a volta desse gênero que foi marcante no inicio de carreira da banda. Além do Funk-Rock, o disco inicia com “Monarchy of Roses”, um rock bem diferente do que a banda está acostumada a produzir, mas que muito me agradou.

A ótima balada “Brendan's death song” deixa claro a tal solidão de Anthony no vocal, uma vez que essa é a típica música em que John teria participação fundamental. Outros destaques do album são “Look Around”, “Did i Let You Know”, “Police Station” e, claro, o primeiro single “The Adventures of Rain Dance Maggie”.

Um disco bem dinâmico, bem produzido e que supera em muitos aspectos o “Stadium Arcadium”, que apesar de ter ótimos destaques individuais não chega a empolgar.
Uma das principais atrações do Rock in Rio 2011, o Red Hot Chili Peppers com seu novo álbum deixa os fãs ainda mais ansiosos às vésperas da apresentação.

Resenha Publicada em 16/09/2011





Esta resenha foi lida 1211 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas