Discografia Comentada - Legião Urbana

LEGIÃO URBANA title=

LEGIÃO URBANA

Brasília - DF - Brasil
Desde: 1982
Site oficial: http://www.legiaourbana.com.br/

Descrição do Artista
A banda formada em Brasília, possui alguns dos principais discos do cancioneiro pop/Rock brasileiro. Com canções imortais como “Tempo Perdido”, “Que País é Este”, “Será” e “Pais e Filhos”, a banda é um fenômeno de adoração messiânica por seus fãs até hoje.

Esta discografia foi acessada 7174 vezes.


Álbuns
    LEGIÃO URBANA
    1985
    Por Anderson Nascimento




    O primeiro álbum da Legião já contava com músicas que se tornariam hinos para a juventude da época, e que nunca mais sairiam da cabeça das pessoas. Fazem parte desse disco os hits “Será”, “Geração Coca-Cola” e “Por Enquanto”, além das ótimas “Soldados”, “Baader-Meinhof Blues” e a romântica “Teorema”. Trata-se de uma bela estréia, um disco de Rock com canções politizadas e rebeldes. A Legião só estava mostrando as garras.

    DOIS
    1986
    Por Anderson Nascimento




    Após um início promissor, a Legião lançaria um de seus melhores discos. “Dois” incialmente seria um disco duplo, o que infelizmente não aconteceu. Por outro lado, a versão como a conhecemos tornou-se um dos discos mais vendidos da banda. São desse álbum os sucessos “Índios”, “Tempo Perdido”, “Eduardo e Mônica” e “Quase Sem Querer”. Nesse disco a banda mantém a fórmula com letras contundentes, porém com sonoridade mais leve que o anterior.

    QUE PAÍS É ESTE 1978/1987
    1987
    Por Anderson Nascimento




    Trata-se de um álbum novo com canções antigas: boa parte desse disco é da época do “Aborto Elétrico”, banda Punk de Renato Russo antes da formação da Legião Urbana. Por esse motivo, esse acabou virando o disco mais pesado da banda. O disco teve os sucessos como “Que País É Este”, “Eu Sei”, “Angra dos Reis” e “Faroeste Caboclo”. Esta última virou um fenômeno, tendo todos os seus 159 versos memorizados pela maioria dos fãs, que até hoje tem a música na ponta da língua. Esse disco é responsável por aumentar ainda mais a idolatria dos fãs pela banda.

    AS QUATRO ESTAÇÕES
    1989
    Por Anderson Nascimento




    O que dizer de um disco que teve dez de suas onze músicas tocadas no rádio? “As Quatro Estações” é um disco maduro, libertador, tenso e lírico. Entre os sucessos dos sucessos desse álbum estão “Pais e Filhos”, “Meninos e Meninas”, “Há Tempos”, “Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto”. Esse é o primeiro álbum da banda após a saída do baixista Renato Rocha.

    V
    1991
    Por Anderson Nascimento




    Disco mais experimental da banda. Reúne uma série de canções com temática medieval e arcaica. Em vários momentos no disco o instrumental é extenso e denso, o que dá ao álbum um leve toque progressivo. Fazem parte desse disco os sucessos “Vento no Litoral”, “O Teatro dos Vampiros”, “Sereníssima” e “O Mundo Anda Tão Complicado”. Essas três últimas conseguem contrabalancear um pouco o clima pesado do álbum. Costuma-se atribuir esse clima pesado do álbum ao fato de Renato ter descoberto ser portador do vírus HIV.

    MÚSICA PARA ACAMPAMENTOS
    1992
    Por Anderson Nascimento




    Esse álbum duplo é uma coletânea de apresentações ao vivo da banda. Nesse disco estão músicas gravadas ao vivo nos shows no estádio Parque Antártica (1990), Morro da Urca (1986), apresentações para a Rádio Cidade e Transamérica e Acústico MTV. A única música gravada em estúdio desse disco é “A Canção do Senhor da Guerra".

    O DESCOBRIMENTO DO BRASIL
    1993
    Por Anderson Nascimento




    Nesse disco a Legião entrega aos fãs uma leveza que vai da capa até as canções, mostrando-se bem mais palatável que o álbum de estúdio anterior. Apesar disso, nesse disco está a canção “Perfeição”, uma forte crítica ao país. Essa última, somadas às canções “Giz” e “Vinte e Nove” foram os sucessos do álbum. Mas o álbum é recheado de boas músicas como “Os Anjos”, que chegou a tocar no rádio, “O Descobrimento do Brasil”, “Vamos Fazer um Filme” e “Só Por Hoje”, só pra citar algumas.

    A TEMPESTADE OU O LIVRO DOS DIAS
    1996
    Por Anderson Nascimento




    Um disco triste, longo, com vocal guia em quase todas as faixas, que por esses motivos tinha tudo para ser um disco ruim. Ao contrário disso, vemos um Renato Russo escrevendo letras quase etéreas, e canções de uma sensibilidade de fazer o mais forte sintir-se fraco. A primeira canção desse disco a tocar no rádio foi “A Via Láctea”, seguida por “Dezesseis” (um dos poucos Rocks do álbum).

    UMA OUTRA ESTAÇÃO
    1997
    Por Anderson Nascimento




    O primeiro CD póstumo da banda traz as sobras de estúdio do disco “A Tempestade”, que deveria ter saído duplo na época, além de algumas faixas não aproveitadas em outros álbuns como “Dois” e “O Descobrimento do Brasil”. O resultado é um belo álbum que, inclusive, teve três músicas que tocaram bastante no rádio: “Comédia Romântica”, “As Flores do Mal” e “Antes das Seis”.

    MAIS DO MESMO
    1998
    Por Anderson Nascimento




    Apesar de não trazer nenhuma novidade, “Mais do Mesmo”, a única coletânea de sucessos do grupo, é uma boa oportunidade para os mais jovens tenham oportunidade de conhecer os sucessos da banda. Em ordem cronológica, são acomodados os grandes sucessos da banda em apenas dezesseis músicas.

    ACÚSTICO MTV
    1999
    Por Anderson Nascimento




    O acústico gravado pela MTV em 1992, finalmente é lançado oficialmente, já que algumas canções deste já tinham aparecido em “Músicas Para Acampamentos”. A novidade foi a recuperação e lançamento como single da faixa “Hoje a Noite Não Tem Luar”, versão para uma música do Menudo, gravada no intervalo das gravações do acústico.

    COMO É QUE SE DIZ EU TE AMO
    2001
    Por Anderson Nascimento




    O primeiro show elétrico da banda lançado em CD, tem o seu áudio retirado da apresentação no Rio de Janeiro nos dias 08 e 09 na antiga casa de shows Metropolitan. É um CD duplo com 14 faixas em cada disco, trazendo as principais canções da banda. O CD dá uma boa idéia ao ouvinte de como era a banda ao vivo.

    AS QUATRO ESTAÇÕES AO VIVO
    2004
    Por Anderson Nascimento




    O segundo show elétrico da banda a figurar em CD é extraído da turnê do disco “As Quatro Estações”, a partir dos shows realizados no estádio Palestra Itália nos dias 11 e 12 de agosto de 1990. Inicialmente a idéia era que o referido show fosse lançado na íntegra em 1992, o que não aconeceu. Seu repertório é focado no disco de estúdio da época, uma pena que por problemas técnicos as canções "Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto" e "Eu Era Um Lobisomem Juvenil", não entraram no álbum.

    LEGIÃO URBANA E PARALAMAS - JUNTOS
    2009
    Por Valdir Junior




    Gravação do Especial da TV Globo que unia as duas bandas em 1988 e que somente tinha sido exibido uma única vez na TV. Lançado agora num pacote contendo um DVD e um CD, com os Paralamas do Sucesso e a Legião Urbana tocando suas principais músicas na época e se juntando para tocar algumas músicas como “Nada Por Mim”, “Ainda É Cedo / Jumpin Jack Fash”. Os Paralamas tocam pela primeira vez a música “Depois Que o Ilê Passar” (De Milton Souza de Jesus). Vale como documento histórico, pois a edição e produção da Rede Globo deixa bem claro que muita coisa boa ficou de fora, como o medley “Purple Haze / Ska / Get Back” tocado apenas como introdução no começo do CD/DVD.

    LEGIÃO URBANA – 30 ANOS
    2016
    Por Rodrigo Paulo

    Ler resenha completa


    Em comemoração aos 30 anos de lançamento do primeiro álbum da banda. A EMI-Universal lança a edição comemorativa “Legião Urbana – 30 Anos”. O álbum duplo traz novidades para o disco lançado em 1985 com versões demo de “Ainda É Cedo”, “Geração Coca-Cola”, “A Dança”, entre outros clássicos e a produção de Liminha na faixa “O Reggae – Remix”, parceria inédita com a banda.



Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Discografias

Outras Resenhas